Blog


Transtornos de ansiedade – Tudo o que você precisa saber

Um dos transtornos mais comuns do mundo, a ansiedade pode afetar profundamente a qualidade de vida. Saiba como identificar e vencer o transtorno.
Publicado em: 05/03/2021


O que são transtornos de ansiedade?

É normal se sentir ansioso ao mudar de casa, começar em um novo emprego ou fazer um teste. Esse tipo de ansiedade pode ser desagradável, mas pode motivá-lo a se esforçar mais e fazer um trabalho melhor.

Essa é a ansiedade natural, um sentimento que vem e vai, mas não interfere na sua qualidade de vida.

No caso de um transtorno de ansiedade, porém, a sensação de medo pode estar o tempo todo com você. É intenso e pode ser debilitante.

Esse tipo de ansiedade pode impedi-lo de fazer as coisas que você gosta. Em casos extremos, pode até mesmo lhe impedir de entrar em um elevador, atravessar a rua ou mesmo sair de casa. Se não houver tratamento, a tendência é que fique cada vez pior.

Transtornos de ansiedade são a forma mais comum de desordem emocional e podem afetar qualquer pessoa em qualquer idade.

Estudos apontam que afetam mais mulheres do que os homens, o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), por exemplo, é duas vezes mais comum em mulheres.

 

Quais os tipos de transtornos de ansiedade?

A ansiedade é parte fundamental de vários transtornos. Entre eles:

  • Transtorno do pânico: ataques de pânico recorrentes em momentos inesperados. Uma pessoa com transtorno do pânico vive com medo da próxima crise;
  • Fobia: medo excessivo de um objeto, atividade ou situação;
  • Ansiedade social: medo extremo de ser julgado por outros em situações sociais;
  • Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC): pensamentos irracionais recorrentes que o levam a adotar certo comportamento específico e repetitivo;
  • Transtorno de ansiedade de separação: medo de ficar longe de casa ou das pessoas amadas;
  • Transtorno de ansiedade de doença: ansiedade pela sua saúde (antigamente conhecida como hipocondria);
  • Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT): ansiedade que sucede uma experiência traumática.

 

Quais os sintomas da ansiedade?

A ansiedade pode parecer diferente dependendo da pessoa que está sentindo. As sensações podem ser tanto de frio na barriga quanto de coração acelerado.

Você também pode se sentir fora de controle, como se houvesse uma desconexão entre sua mente e seu corpo.

A ansiedade também pode se manifestar de outras formas, como pesadelos, ataques de pânico ou pensamentos e memórias dolorosas que você não consegue controlar.

Você pode ter um sentimento geral de medo e preocupação, ou você pode temer uma situação ou lugar em específico.

Os sintomas gerais da ansiedade incluem:

  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Respiração acelerada.;
  • Inquietação;
  • Problemas de concentração;
  • Dificuldade em adormecer.

Os seus sintomas de ansiedade podem ser totalmente diferentes dos de outra pessoa, por isso é importante conhecer todas as formas em que a ansiedade pode se manifestar.

 

O que é um ataque de ansiedade?

Um ataque de ansiedade é um sentimento de esmagadora apreensão, preocupação, aflição ou medo. Para muitas pessoas um ataque de ansiedade progride lentamente e pode piorar conforme um evento estressante se aproxima.

Ataques de ansiedade podem variar amplamente e os sintomas variam entre os indivíduos. Isso porque muitos sintomas de ansiedade não acometem todas as pessoas além de poderem variar com o tempo.

Sintomas comuns de ansiedade incluem:

  • Sentir tontura;
  • Dificuldade para respirar;
  • Boca seca;
  • Sudorese;
  • Arrepios;
  • Apreensão e preocupação;
  • Inquietação
  • Aflição;
  • Medo;
  • Dormência ou formigamento.

 

O que causa a ansiedade?

Os pesquisadores ainda não têm certeza das causas extas da ansiedade. Mas é provável que uma combinação de fatores seja responsável. Entre eles é possível citar fatores genéticos e do ambiente, além da química cerebral.

Além disso, pesquisadores também acreditam que áreas do cérebro responsáveis por controlar o medo podem ser afetadas.

 

Existem testes para diagnosticar a ansiedade?

Um único teste não pode diagnosticar um transtorno de ansiedade. Na verdade, um diagnóstico de ansiedade exige um longo processo de análises físicas, avaliações de saúde mental e questionários psicológicos.

Alguns médicos podem realizar um exame físico incluindo testes de sangue e urina para descartar condições médicas não diagnosticadas que podem ter a ver com os sintomas que você está sentindo.

 

Quais os tratamentos para ansiedade?

Uma vez que for diagnosticado com ansiedade, você pode explorar as opções de tratamento com seu médico. Em alguns casos, um tratamento sequer é necessário – mudanças no estilo de vida podem colocar os sintomas sob controle.

Em casos moderados ou severos, porém, o tratamento pode ajudar a superar os sintomas e levar uma rotina mais normal.

O tratamento contra a ansiedade se divide em duas categorias: medicamentos e psicoterapia.

Conversar com um terapeuta lhe dará ferramentas e estratégias para lidar com a ansiedade quando o sentimento surgir.

Já os medicamentos, geralmente incluem antidepressivos e ansiolíticos. Eles atuam ao regular o equilíbrio químico do cérebro, prevenindo ataques de ansiedade e mitigando os sintomas.

 

Que remédios naturais são usados contra a ansiedade?

Mudanças no estilo de vida podem ser uma maneira efetiva de controlar os sintomas de estresse e ansiedade que você sente todos os dias.

A maior parte dos “remédios” naturais inclui cuidar melhor do seu corpo, realizar atividades saudáveis e cortar aquelas que não são.

Isso inclui:

  • Dormir o suficiente;
  • Meditar;
  • Permanecer ativo e meditar;
  • Adotar uma dieta saudável;
  • Exercitar-se constantemente;
  • Evitar álcool;
  • Evitar cafeína;
  • Parar de fumar.

 

Ansiedade e depressão

Se você tem um transtorno de ansiedade, você também pode ter depressão. Embora essas duas condições possam ocorrer separadamente, é muito comum que apareçam juntas.

A ansiedade, inclusive, pode ser um dos sintomas da depressão. Da mesma forma, uma piora nos sintomas da depressão podem ser causados por um transtorno de ansiedade.

Os sintomas para ambos os transtornos podem ser combatidos através dos mesmos meios: medicação, psicoterapia e mudanças no estilo de vida.

 

Como ajudar crianças com ansiedade

A ansiedade em crianças é natural e comum. O normal é que conforme a criança cresce, pais, professores, colegas e amigos a ajudem a desenvolver as habilidades necessárias para lidar com a ansiedade durante o dia a dia.

Mas, assim como acontece nos adultos, a ansiedade nas crianças pode se tornar persistente e crônica – levando a um transtorno de ansiedade.

A ansiedade descontrolada pode interferir nas atividades diárias, e a criança pode passar a evitar os membros da família ou outras crianças. Alguns sintomas comuns incluem:

  • Agitação;
  • Irritabilidade;
  • Falta de sono;
  • Sentimento de medo;
  • Vergonha;
  • Sentimento de isolamento.

O tratamento contra ansiedade para crianças inclui o uso de medicamentos e a terapia comportamental.

 

Como ajudar adolescentes com ansiedade

Adolescentes podem ter várias razões para se sentirem ansiosos: escola, vestibular e relacionamentos amorosos são algumas das preocupações mais frequentes nessa fase da vida.

Ainda assim, nem sempre os sintomas de ansiedade que um adolescente experimenta são naturais. É possível que um aja um quadro de transtorno de ansiedade.

Os sintomas de ansiedade em um adolescente podem incluir nervosismo, timidez e tendência de isolamento. A ansiedade pode levar a algumas reações como um desempenho ruim na escola, evitar interações sociais e o consumo de álcool ou outras drogas.

Em adolescentes, a depressão acompanha a ansiedade. Diagnosticar ambas as doenças é importante para que o tratamento seja efetivo e todos os sintomas sejam adequadamente abordados.

Os tratamentos mais comuns são, novamente, medicação e terapia comportamental. Ambos também úteis no tratamento contra a depressão.

 

Ansiedade e estresse

Estresse e ansiedade são dois lados da mesma moeda – o estresse é resultado de demandas sobre sua mente e seu corpo e pode ser causado por um evento ou atividade que lhe causa nervosismo ou preocupação. A ansiedade se refere ao mesmo medo, preocupação ou incômodo.

A ansiedade pode ser um sintoma do estresse, mas também pode acometer pessoas que não tem uma fonte evidente de estresse.

Tanto a ansiedade quanto o estresse causam sintomas físicos e mentais, que incluem:

  • Dor de cabeça;
  • Dor de estômago;
  • Tensão muscular;
  • Dificuldade de concentração;
  • Irritabilidade;
  • Problemas para dormir.

Nem o estresse e tampouco a ansiedade são sempre ruins. Na verdade, ambos podem lhe dar um impulso para realizar uma tarefa ou concluir um desafio que se apresenta a você.

É importante lembrar, entretanto, que se os sintomas se tornarem persistentes e começarem a interferir no seu dia a dia, é o momento de procurar ajuda.

Se deixadas sem tratamento, condições como ansiedade e estresse podem levar a problemas de saúde mais sérios, como doenças cardíacas.

Por isso, não deixe de buscar tratamento quando sentir que a ansiedade está no caminho da sua qualidade de vida.

 

Traduzido e adaptado pela PsyMeet. Texto original: Everything You Need to Know About Anxiety



Por: João Vitor dos Santos

Estudante de Engenharia Mecânica, através da convivência na universidade se conscientizou da importância do bem-estar mental. Para promover e acessibilizar os cuidados com a mente, cofundou a PsyMeet. Convencido da importância da saúde mental para uma vida feliz, está sempre lendo, assistindo e ouvindo sobre o tema. Instagram @dosantosjv

Voltar Blog

Faça sua terapia online


Começar agora

Categorias - Blog

Ansiedade(3)
Autoestima(1)
Câncer(2)
Coronavírus(2)
Depressão(1)
Empreendedorismo e Saúde Mental(1)
Gratidão(1)
HIV(1)
Luto(1)
Mindfulness(1)
Música(1)
Neuropsicologia(1)
PsyMeet(1)
Relacionamentos(1)
Saúde Mental(4)
Saúde Mental Masculina(1)
Setembro Amarelo(1)
Solidão(1)
Suicídio(2)
TDAH(3)


Ver Todos